Las noticias de Squash en América

Life is Simple: Eat, sleep, play Squash

 

Antigua Argentina Aruba Bahamas Barbados Bermuda Bolivia Brasil Cayman Island Canada Chile Colombia Costa Rica Dominica Ecuador El Salvador
Guatemala Guyana Honduras Jamaica Mexico Panama Paraguay Peru Republica Dominicana Saint Lucia Saint Vincent & Grenadines Surinam Trinidad & Tobago United States Uruguay Venezuela
FPS MEMBERS / MIEMBROS FPS "Click" en la bandera para ver la información de cada país
HOME HISTORIA REGLAS FOTOS VIDEOS TORNEOS CONTACTENOS 

BRASIL

 

ATA DA ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA DA CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE SQUASH, REALIZADA EM 29 DE MAIO DE 2013.

ATA DA ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA DA CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE SQUASH, REALIZADA EM 29 DE MAIO DE 2013.

Ao vinte e nove dias do mês de maio do ano de dois mil e treze, as 18:43 horas em, na sede da Confederação Brasileira de Squash, sala da Administração do Rio Squash Clube, situado na Rua Candido Mendes, 281 – Bairro Glória – Rio de Janeiro - RJ, reuniram-se o Sr. Daniel Penna de Almeida – Presidente da Confederação Brasileira de Squash e Presidente da Federação Mineira de Squash, o Sr. Nelson Pires Ribeiro Neto - Presidente da Federação Catarinense de Squash e Diretor Executivo da Confederação Brasileira de Squash, o Sr. Carlos Vieira dos Santos Paiva – Representante legal da Federação Paulista de Squash, o Sr. Rafael Sardá da Silva - Presidente da Federação Brasiliense de Squash, o Sr. Sergio Luiz Maranhão Dias – Representante legal da Federação Squash Paraíba e Presidente da Federação Maranhense de Squash, o Sr. Luiz Carlos da Silva Pinto – Representante Legal da Federação de Squash do Estado do Rio de Janeiro e Diretor Jurídico da Confederação Brasileira de Squash, o Sr. Antônio Cesar Cansini – Presidente da Federação de Squash do Paraná, e como convidados, o Sr. Jose Henrique da Cunha Lopes – Diretor Técnico da Confederação Brasileira de Squash e Diretor Técnico da Federação de Squash do Estado do Rio de Janeiro, o Sr. Ricardo Salles Ferreira - Coordenador das Seleções Principais da Confederação Brasileira de Squash, o Sr. Renato Gallego – Coordenador das Seleções Juvenis e Coordenador de Capacitação e Desenvolvimento da Confederação Brasileira de Squash, o Sr. Kelery Dinarte Pascoa Freitas – Representante da Federação Cearense de Squash a Sra. Miriam Soares Rezende – Diretora da Federação Mineira de Squash, atendendo ao “Edital de Convocação” enviado as filiadas em 01 de maio de 2013. Assumiu a Presidência o Sr. Daniel Penna de Almeida, que convidou a mim, Nelson Pires Ribeiro Neto, para secretariar os trabalhos. Tomando a palavra, o Senhor Presidente a fim de deliberar sobre a seguinte Ordem do Dia: 1) Abertura, 2) Apresentação dos Participantes, 3) Leitura da Ordem do Dia, 4) Definição do Promotor e da cidade sede da Copa do Brasil de 2014, 5) Avaliação da Situação Financeira da CBS, 6) Discussão do novo regime de taxas para o exercício de 2014, 7) Alterações no Estatuto da CBS, 8) Assuntos Gerais. Dando início a Assembléia, foi solicitada aos participantes a apresentação da documentação para comprovação que os participantes têm poderes de representação. Verificando quais entidades estão legalmente constituídas, e em dias com as suas obrigações financeiras junto a CBS, para integrarem esta Assembleia, foi verificado que somente as Federações de Santa Catarina, Rio de Janeiro, Paraná, São Paulo, Brasilia, Paraíba e Minas Gerais estão aptas a votar. Desta forma, após analise da documentação, e sem contestação dos presentes, com a participação destas sete federações, fica determinada a totalidade dos votos dos membros da assembleia, tendo esta assembleia poderes para aprovar todos os assuntos relacionados no edital de convocação. Após os itens “1”, “2” e “3”; Passando ao item “4” – Definição do Promotor e da cidade sede da Copa do Brasil de 2014, o Sr. Presidente disse que como nenhuma filiada enviou proposta para a realização do campeonato brasileiro de 2013 e 2014, a CBS resolveu ela mesma fazer os campeonatos. As cidades que serão escolhidas vai seguir o seguinte critério: cidades onde exista a necessidade de um crescimento e desenvolvimento do squash, claro que com a quantidade de quadras necessárias. A Copa do Brasil e o Campeonato Brasileiro serão realizados pela CBS. Como a Copa do Brasil necessita de menos quadras, a CBS irá procurar cidades menores, para ter a rotatividade necessária onde seja preciso. Serão trocados os eventos. A Copa do Brasil voltará a ser chamado de Campeonato Brasileiro, pois reúne os melhores atletas de cada 2 categoria em seus estados e é o mais importante. E a Copa do Brasil vai ser por idades. Serão trocados também as datas, pois o importante que se tenha um ranking anual para definir que são os melhores em cada estado, e estes atletas, caso tenham interesse, serão os representantes no campeonato. Ou seja, o Campeonato Brasileiro por Classes passa para o final do ano e a Copa do Brasil por idades continua no feriado de Corpus Christi, pois ele é maior e precisa de mais dias de competição. E o por classes pode ser feito até sem feriado e pode ser apertado em apenas três dias. E o ranking de cada estado é valorizado. O Campeonato Brasileiro deste ano deverá ser em Campinas. Caso as negociações não progridam, a cidade sede será Belo Horizonte. A Copa do Brasil de 2014 (já por idades) foi sugerida para ser realizada em Belo Horizonte pelo Sr. Presidente, mas colocou em aberto para que outras sugestões possam ser feitas. Carlos Paiva diz que São Paulo, Capital tem interesse em sediar em junho de 2014 e o Paraná se interessa em fazer o Campeonato Brasileiro no final de 2014 na cidade de Curitiba. O Sr. Presidente esclarece que o funcionamento do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil os estados entram com a parte de logística, de apoio mas o evento é da CBS onde o estado não arrecada nada, apenas a arrecadação das filiações locais. Diz ainda que a CBS irá enviar um oficio para FPS para ver o real interesse para realizar a Copa do Brasil em junho e para o Paraná para realização nas datas escolhidas e nas condições propostas. Estas confirmações devem ser feitas até a data do brasileiro do final do ano para que todos saibam já no campeonato onde serão realizados os eventos de 2014. Passando ao item “5” – Avaliação da Situação Financeira da CBS, O caixa da CBS esta na presente data, com aproximadamente R$12.000,00.

Jogadores do RN, GO, RS que jogarem os eventos da CBS devem pagar uma filiação direta de R$200,00. O Sr. Presidente diz que serão necessários de imediato R$14.000,00 entre R$ 10.000,00 de inscrição do pan-americano juvenil e cerca de R$4.000,00 da filiação na WSF. O novo site da CBS vai ter um custo de 12 parcelas de R$ 125,00. O site está quase pronto. O valor da inscrição do Pan-americano adulto de Buenos Aires pode ser uma despesa da CBS se o COB não apoiar. Nelson Neto explica que nos preparamos para buscar dinheiro no governo, mas o governo mudou as regras e para apresentar os projetos depende de um edital do Governo Federal, através do Ministério dos Esportes. E do valor total disponibilizado para o Ministério dos Esportes, eles decidem qual projeto vai ser beneficiado. Para captação também é difícil. O Sr. Presidente fala sobre a reunião do COB no dia 5 de junho, onde será apresentado o projeto da CBS para os próximos 7 anos. O Sr. Presidente explica que somente Nelson Neto recebe pela CBS, que iria para outra Confederação de Canoagem, mas propôs para ele ficar e trabalhar. Nelson Neto diz que a CBS necessita de uma estrutura com sede, secretaria, computador, internet etc. O Sr. Presidente falou que teve uma reunião em Brasilia com uma empresa que tem interesse em fazer a captação para o Squash em 2014 junto aos Correios. O projeto de R$1.500.000,00 por ano. Dinheiro para seleções, capacitação, circuito, seleções etc. Carlos Paiva diz que uma projeção de receita e despesas deve ser apresentada. Passando para o item “6” – Discussão para o novo regime de taxas para o exercício de 2014, O Sr. Presidente explica a ideia de arrecadar mais com os R$ 10,00. A proposta inicial apresentada na última assembleia não foi aprovado pelas filiadas para pagar mais. Um Plano B foi sugerido para transferir para o atletas esta taxa de R$ 10,00. Ele explica que esses R$ 10,00 são uma tragédia. Sugere que para 2014 mude pois da maneira que esta não da, pois não se pode planejar receita e despesa desta maneira. Para poder chegar num valor onde cada filiada poderá contribuir. A CBS irá emitir boleto para cada filiada. A ideia é ter três classes de pagamento. Federação menor paga R$ 100,00 por mês, intermediária R$ 300,00 por mês e a maior R$ 500,00 por mês, por exemplo. Na reforma do estatuto a ideia é ter um peso diferenciado no pagamento e diretamente no voto. Igual é feito na WSF. Igual 3 a representatividade em campeonatos brasileiro em numero de vagas. A ideia é que a CBS concede ao estado que tiver mais representatividade e votos, mais vagas e assim por diante. Foi sugerida a criação de um dia do squash no Brasil, onde o atleta participa e paga uma inscrição para a CBS no valor baixo de R$ 10,00 ou R$20,00. Em 60 dias a CBS vai mandar um projeto deste evento e as federações possam opinar e juntos decidirem. Nelson Neto diz que a proporcionalidade da filiação, vagas etc devem ser pela quantidade de quadras filiadas e não apenas a quantidade de quadras no estado. Passando ao item “7” – Alterações no Estatuto da CBS, O Presidente relata que o estatuto necessita de mudanças, mas sugere que as filiadas analisem as mudanças que achem necessárias e que as ideias sejam enviadas para que seja discutido entre as filiadas mais detalhadamente estas mudanças. A proposta é simplificar e democratizar. Nelson Neto diz não se pode mudar muito por causa do código civil e que será enviado o estatuto para as filiadas e que todos proponham mudanças para ser votado em novembro. Passando ao “item 8-Assuntos Gerais”, O Presidente relata que o circuito juvenil acontece e bem e que os resultados já estão sendo obtidos. Circuito Profissional funcionou também com bastante etapas e continua funcionando. A Seleção brasileira deve ser mudada. Tem que melhorar. Relata também, que existe a necessidade de criar um grupo, seleção com treinamento com seleções permanentes com um grupo homogêneo de comportamento de dentro e fora de quadra, Engajamento com o grupo, parte física, entre outros. Pegar o grupo renovado e capacitado, com condição de jogar na seleção. Treinamentos periódicos com os atletas, pagos ou não pelo COB. Todo mês ou a cada 2 meses, ou antes de qualquer etapa do profissional. Intercambios internacionais com outros países para treinar. Que em cada evento o coordenador de seleções, Sr. Ricardo Ferreira deve avaliar quem deve ir a qual torneio. Qual será o grupo. A CBS comprou a ideia da seleção permanente. Carlos Paiva pergunta porque não foi colocado formalmente o critério da seleção permanente, e acrescenta que a CBS precisa sair da pessoalidade e que suas ações precisavam ser documentadas por meio de ofícios. Carlos Paiva comenta ainda que a CBS precisa sair do “eu faço” para o “nós fazemos” e para a “A CBS faz” Jose Henrique diz que foi colocado para os atletas e não para as filiadas. O Presidente diz que foi colocado para a APS que eles tomem conta do circuito profissional. Jose Henrique diz que fez a chamada para o grupo de treinamento e diz que um atleta ligou e perguntou porque ele não estava na relação. Que recebeu um email deste atleta dizendo que ele iria entrar na justiça contra ele e o Presidente por que não tinha sido convidado. A convocação e o circuito não tem nada a ver. Os dois primeiros do ranking estão convidados e os outros não estão e não estão satisfeitos. Nelson Neto mostra o ofício da Federação do Maranhão solicitando filiação na CBS. Votado sim pela unanimidade. Nada mais havendo a tratar, as vinte e uma horas e um minutos, o Senhor Presidente deu por encerrada a Assembleia Geral Extraordinária da Confederação Brasileira de Squash, e eu, Nelson Pires Ribeiro Neto, lavrei a presente ata que depois de lida, vai assinada pelo Presidente e Secretário.

Rio de Janeiro, 29 de Maio de 2013

Daniel Penna de Almeida
Presidente da Assembleia
RG nº: MG3.769.487 (SSP/MG)
CPF: 960.359.356-72

Nelson Pires Ribeiro Neto
Secretário da Assembleia
RG nº: 5.172.217-8 (SSP/SC)
CPF: 703.598.577-87

Información General
info@squashflash.com
Derechos Reservados - 2013

TERMINOS Y CONDICIONES